O Céu Nesta Noite!

Lua Cheia e eclipse lunar parcial não visível do Brasil – segunda, 7 de agosto de 2017:

A Lua Cheia aparece no céu a Leste, logo ao anoitecer. Essa Lua Cheia será especial para os habitantes do Hemisfério Oriental, ou seja, aqueles situados à Leste do Meridiano de Greenwich, pois verão um Eclipse Lunar Parcial! A Lua traz com essa fase a contagem regressiva para o Eclipse Solar Total – parcial no Brasil – de 21 de agosto de 2017.

07-08-2017 – Lua Cheia.

O eclipse lunar parcial será visível a partir: da África e Europa, onde o eclipse lunar parcial começar logo após o pôr-do-Sol de 7 de agosto; da Índia e Ásia Ocidental em que se notará o fenômeno por volta da meia-noite de 8 de agosto; E da Indonésia, Austrália e Nova Zelândia, onde o eclipse será visível já na madrugada de 8 de agosto, pouco antes do amanhecer. Infelizmente, esse eclipse não será visível das Américas!

07-08-2017 – Lua Cheia e eclipse parcial não visível do Brasil.

Esse eclipse lunar será parcial, pois somente parte da Lua Cheia passará dentro do cone de sombra projetada pela Terra, essa sombra é chamada de Umbra. Já a sombra mais clara projetada pela Terra é chamada de Penumbra, e está circunvizinha à Umbra. A imagem acima mostra que, embora o eclipse parcial não seja visível das Américas, incluindo o Brasil, a Lua Cheia passa muito pouco pela penumbra. Mesmo assim, a chance é mínima de notar alguma diminuição no brilho da Lua (reflexo da luz solar).

Caso a Lua Cheia passasse mais próxima da penumbra teríamos um eclipse lunar penumbral de maior destaque e notabilidade. E ainda, caso a Lua adentrasse mais à sombra da Terra nós veríamos ao menos um eclipse lunar parcial logo após o anoitecer.

Mesmo assim, aproveite a belíssima Lua Cheia no céu! Daqui a duas semanas aproximadamente teremos no dia 21 de agosto de 2017 um magnífico Eclipse Solar Parcial visível do Brasil!


Lua Crescente em conjunção com Saturno – quarta e quinta, 2 e 3 de agosto de 2017:

Ao olhar para o Leste, no alto do céu, a Lua Crescente Gibosa, com aspecto intermediário entre a fase crescente e cheia, estará próxima aparentemente do planeta Saturno, o qual se mistura entre as estrelas brilhantes da constelação de Ofiúco. Tanto na noite da quarta (02/08), quanto na noite da quinta (03/08), será possível ver, nessa ordem, a Lua Crescente acima e abaixo do planeta Saturno.

02-08-2017 - Conjunção - Lua Crescente e Saturno.
02-08-2017 – Conjunção – Lua Crescente e Saturno.

Quando se diz “aparentemente” é importante destacar que tanto a Lua Crescente quanto Saturno estão a distâncias enormes um do outro. Ao fazer um comparativo com base na distância percorrida pela luz, a Lua estaria a apenas 1,3 segundos-luz, enquanto que o planeta dos anéis estaria a 81 minutos-luz, ou seja, 3.500 vezes mais afastado do nosso planeta!
As conjunções são fenômenos aparentes e têm relação com a perspectiva entre nós observadores, o objeto próximo e o objeto afastado os quais “se mostram juntos” no céu. E as conjunções são muito importantes para auxiliar na observação do céu noturno, pois contribuem para a referência de objetos menos destacáveis no céu.

02-08-2017 - Conjunção - Lua Crescente e Saturno.
02-08-2017 – Conjunção – Lua Crescente e Saturno.

A olho nu, de preferência com um binóculo, explore as redondezas da conjunção envolvendo a Lua Crescente e Saturno, e perceba a notável constelação de Escorpião, a qual se assemelha muito com o aracnídeo! Durante as longas noites de inverno, essa constelação permanece bem visível e, juntamente com a constelação de Sagitário, apontam para a área correspondente ao centro da Via Láctea, a nossa galáxia.

Aproveite ambas as noites de 2 e 3 de agosto para observar a Lua e Saturno, e ainda conhecer as estrelas circunvizinhas a essa bela e interessante conjunção!


Compartilhe com seus amigos!
Facebook
Twitter
YouTube
Google+
http://www.astrope.com.br/o-ceu-nesta-noite/

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*